O governo está debatendo o Marco Civil com a galera. Participe!

por BIA GRANJA | 29 janeiro 2015

temas_debate_marcocivil

A gente contou pra vcs no começo do mês que o governo estava lançando uma plataforma de discussão sobre alguns pontos da regulamentação do Marco Civil da Internet.Apesar dele já estar em vigor, alguns pontos do Marco Civil precisam ser regulamentados, ou seja, é preciso que se defina e detalhe como se dará sua aplicação efetiva.

Através desse site aqui, o governo abriu discussões sobre 3 pontos fundamentais do MC: Neutralidade de Rede (que fala que operadoras não podem fazer distinção de tipo conteúdo na hora de cobrar o serviço, inclusive aqui está rolando uma discussão bem boa sobre os serviços gratuitos que operadoras de celular oferecem, tipo Facebook e Twitter), Privacidade (o que as empresas podem fazer com nossos dados), Registro de Acesso (que discute a guarda de dados e logs dos usuários e como isso fere sua liberdade de expressão e privacidade) e Outros (pra discutir qualquer outro item do Marco Civil que não esteja contemplado nos 3 grupos acima). Cada um desses pontos está super bem explicado aqui no blog do Link, recomendo a leitura. Clique pra continuar lendo

A resposta da escola que usou Macbook no lugar de iPad me fez pensar

por BIA GRANJA | 23 janeiro 2015

Screen Shot 2015-01-23 at 15.15.45

Você acompanhou o meme do dia de ontem aqui na interwebz, né? A SIEC, uma escola do interior do estado de Minas Gerais, divulgou uma porção de peças publicitárias em sua fanpage com imagens dos seus alunos segurando o que seria um iPad… seria, porque o gadget era, na verdade, um Macbook Pro. A gafe virou meme, saiu em todo lugar e o resto da história você já sabe.

A 1a vez que a gafe da escola chegou até mim foi através de um post no Entusiastas da Social Media, grupo no Facebook que tem mais de 16 mil membros atualmente e que dedica a maior parte das suas postagens à gongar as ações de mídias sociais dos outros. A do SIEC já tava memetizando quando eu vi no Entusiastas pela manhã, fiz um post no Twitter do youPIX e segui a vida.

Postagens como essa da SIEC são bem frequentes no grupo. Eu raramente destaco esse tipo de coisa no youPIX ou nas minhas contas pessoais por dois motivos: 1) elas são MUITO frequentes e 2) porque são, na maioria das vezes, irrelevantes – já que o povo do Entusiastas transformou a patrulha ao post alheio em um tipo de esporte que na maior parte das vezes não agrega em nada e só gera crise mesmo lá dentro do próprio Entusiastas.

Quando eu vejo algo do tipo, fico acompanhando pra ver se vai virar algum meme e, quando vira, nós aqui do youPIX fazemos o registro na Memepedia, a única enciclopédia de memes que tenta registrar a cultura viral da internet brasileira. Digo que a gente “tenta” porque faz alguns anos que a cultura memética se tornou extremamente nichada e, com esforços apenas da nossa redação, ficou bastante difícil de documentar tudo o que rola. Por isso mesmo abrimos um pedido de colaboração (por favor, colabore), pra que essa enciclopédia seja colaborativa e realmente retrate a variedade e diversidade que existe na cultura de internet hoje.

Como toda enciclopédia, não cabe a nós julgar os valores morais de cada meme que aparece. Nosso papel, é documentar o que acontece pra que se tenha um registro dessa cultura… e só. Mas alguns episódios já nos fizeram pensar bastante sobre a responsabilidade que essa necessária isenção traz. Clique pra continuar lendo

Transforme suas fotos do Instagram em tattoos temporárias

por BIA GRANJA | 23 janeiro 2015

Eu tô meio viciada em tatuagem temporária ultimamente. Tem umas incríveis sendo vendidas por aí e virou uma modinha que eu tô curtindo sem medo. A última novidade na área é o site Picattoo (o nome é ruim, né? hahahaha), que transforma suas fotos do Instagram em tatuagem temporária.

Screen Shot 2015-01-23 at 12.57.38

Eles enviam pra todo lugar do mundo sem custo nenhum e pra fazer a sua é só acessar o site, escolher 12 fotos diferentes da sua conta (ou dos seus seguidores – não achei opção de usar foto de quem vc segue) e pagar os US$ 14,99 (se você usar o código PIC10 ainda tem 10% de desconto) pela cartela (dá pra usar cartão de crédito ou pay pal). Super fácil!

Alguns podem se perguntar: POR QUE?
Eu respondo: POR QUE NÃO?

Nossas fotos do Instagram contam pequenas histórias sobre a nossa vida e dia-a-dia… achei extremamente divertida e ideia de estampar isso na nossa pele de vez em quando. A tattoo dura 1 semaninha e se você escolher direitinho as fotos, pode acabar com uma tatuagem bem fofa que você sempre quis fazer e nunca teve coragem. Eu escolhi algumas frases marcantes que já publiquei no meu IG, foto do cachorro, do meu filho e alguns objetos com formatos bacanas.

Acho também que esse lance de imprimir tem a ver com uma matéria que publicamos outro dia sobre como, nessa era do hiperregistro, estamos voltando um pouco a querer guardar as coisas fisicamente. FAz um puta sentido!

:)

 

Após 11 anos, fundador do 4chan abandona o site

por BIA GRANJA | 21 janeiro 2015

Screen Shot 2015-01-21 at 15.12.02

Cara, que triste! Chris m00t Poole, que fundou o 4chan há 11 anos quando tinha apenas 15 anos de idade, acaba de anunciar que vai se aposentar de um dos sites mais influentes da década e de uma das maiores comunidades online existentes.

Ao longo desses 11 anos e meio de operação, o 4chan acumulou mais de 1 bilhão de visitas e quase 2 bilhões de posts espalhados em 63 boards diferentes. Não foram poucos os méritos e deméritos da comunidade que se tornou uma espécie de bastião para o anonimato, condição que pode gerar encrencas mas que também, ao longo desse tempo, proporcionou um ambiente criativo e livre de egomanias para os participantes e, todos sabem, foi berço do “anonymous“, maior grupo hacktivista do mundo.

Em um post no próprio 4chan, m00t conta que após 11 anos e meio administrando SOZINHO mais de 20 milhões de usuários únicos por mês e lidando com os desafios, ônus e os bônus dessa tarefa… ele cansou. “Eu preciso de tempo longe pra conseguir descomprimir e refletir”, disse ele em seu post de despedida. Clique pra continuar lendo

Facebook Freebooting: o pesadelo dos youtubers

por BIA GRANJA | 19 janeiro 2015

Screen Shot 2015-01-19 at 18.25.18

Senta que lá vem história…

Era uma vez um reino onde a riqueza era determinada pelo tipo de ovelha que você tinha. Existia um cara que era muito muito muito muito rico. Ele era tão rico que até suas ovelhas eram ricas. Nesse reino, também tinha uma família de camponeses que tinham uma ovelhinha a quem eles amavam muito. O pai camponês queria que a ovelha fosse a melhor ovelha possível, então ele passava um monte de tempo com ela, inseria a ovelha em todas as coisas e tratava como se fosse família.

Um dia um viajante chegou no reino e se tornou parceiro de negócios do homem rico. Na hora do jantar, o ricão não quis comer as próprias ovelhas, então ele mandou seu cozinheiro pegar a ovelha do pobre camponês, cozinhar as melhores partes e servir em um delicioso banquete para ele e o viajante.

A família do camponês ficou super triste de perder sua amiga ovelha e foi pedir ao homem rico que doasse outra companheira pra eles. O homem rico se recusou e esse foi o fim da triste história da família que perdeu a ovelha a quem tratavam tão bem e com tanto amor.

Triste, né? :(

Agora vamos trazer a história pra mais perto da gente: a ovelha é o seu vídeo do Youtube, o homem rico é o Facebook e o viajante é um usuário que pega seu vídeo e posta no Facebook como se fosse dele. Assim, os dois conseguem fazer dinheiro e audiência a partir do seu vídeo, enquanto você fica triste a ver navios chorando a ovelha roubada.

Essa prática tem se tornado tão comum que já tem até nome: Facebook Freebooting, também conhecido como o maior pesadelo dos youtubers na atualidade.

Clique pra continuar lendo

Tumblr do dia: Chorão pergunta, Humberto responde

por BIA GRANJA | 16 janeiro 2015

Andando de SK8 na infinita highway

Screen Shot 2015-01-16 at 14.23.04

Ah, Internet, por favor, pare de ser doida. Que tumblr é esse que você inventou agora e que as pessoas não param de compartilhar nas redes sociais? Chorão pergunta e o Humberto Gessinger responde? De onde você tirou essa ideia, mano?  Clique pra continuar lendo

Governo abriu debate público sobre o Marco Civil. Bora?

por BIA GRANJA | 16 janeiro 2015

marcocivil_consultapublica

O Marco Civil da Internet estabelece e define os direitos e deveres da sociedade, governo e empresas no que se refere ao uso da internet no país. É um projeto super pioneiro que foi elogiado por especialistas no mundo inteiro. Mas no país, ele ainda divide bastante as opiniões da galera sobre sua real utilidade… principalmente depois que a presidente Dilma resolveu apoia-lo e transformou a coisa toda em um debate pouco produtivo entre petralhas e coxinhas.

Depois de um longo e tenebroso percurso na Câmara e em meio à críticas fundamentadas por ideologias políticas e elogios de ativistas digitais do Brasil e do mundo, o Marco Civil foi aprovado pelo Congresso Nacional e sancionado pela Dilma em 2014. Apesar dele já estar em vigor, alguns pontos do Marco Civil precisam ser regulamentados, ou seja, é preciso que se defina e detalhe como se dará sua aplicação efetiva.

Pra isso, o governo acaba de abrir um espaço para que todos possam dar sua opinião, debater e agregar contribuições nessa 3a fase do Marco Civil. Lembrando que a 1a etapa, a de redação dos itens do projeto de lei, tbm foi colaborativa, feita em conjunto com a sociedade civil.

Se tem algum ponto do MC com o qual você não concorda, a hora de falar é agora. Clique pra continuar lendo

10 coisas que você não sabia sobre Paul Zaloom, ator de Mundo de Beakman

por BIA GRANJA | 15 janeiro 2015


A 8a edição da Campus Party já está chegando… Os nerds e empreendedores vão se mudar pra Expo Imigrantes do dia 03 a 08 de fevereiro de 2015 pra centenas de horas de contúdo. Os ingressos já estão esgotados, mas a gente vai contar pra vocês tudo o que rolar por lá.

Um dos destaques do evento é a presença do Paul Zaloom, também conhecido como Beakman, também conhecido como o cientista maluco que animava nossas manhãs e tardes trazendo respostas divertidas pra perguntas que todos nós sempre quisemos fazer e não tinhamos pra quem.

Fizemos uma entrevista bem legal com ele (que você pode ler aqui) e abaixo você fica sabendo de 10 coisas que nem stalkeando muito o ator na internet você vai descobrir. Olha só:

Clique pra continuar lendo

O inventor do Pau de Selfie está p* da vida

por BIA GRANJA | 14 janeiro 2015

Com vocês…. Wayne Fromm, o cara que inventou o Pau de Selfie.

inventordopaudeselfie_WayneFromm

Se você pensa que o inventor do Pau de Selfie está gozando de uma vida plena, rica e feliz após o sucesso viral e absurdo de sua invenção… saiba que a vida do cara não anda às mil maravilhas não.

Ele tá puto, muito puto. E não, ele não está incomodado porque até sua vizinha de 83 anos tem um Pau de Selfie, mas sim porque ele foi enganado e passado pra trás. “O Pau de Selfie não existiria se não fosse por mim”, disse Wayne.

Em 2002, durante uma viagem com a filha pela Itália, ele se viu naquela situação clássica do “esticando o braço a gente não cabe na foto eu não sei usar o timer da câmera eu não quero ficar pedindo pras pessoas tirarem foto o que eu faço pesquisar”. O que ele fez? Inventou uma vareta onde você coloca sua câmera em uma ponta e na outra aperta um botão que dispara a foto.

Já viu isso em algum lugar (ou em TODOS os lugares)? Sim, estamos falando do Pau de Selfie. Clique pra continuar lendo

50 episódios de Friends reimaginados para o mundo digital

por BIA GRANJA | 13 janeiro 2015

friends_1
Piloto
“6 pessoas sentam em uma sala olhando pro celular e reclamando do Wifi”

 

O Mashable fez o post mais genial dos últimos tempos da semana: convidou vários comediantes diferentes pra reimaginarem episódios de Friends no mundo digital de hoje. Como Joey lidaria com o Tinder? Será que o Central Perk sobreviveria no Yelp? Como seria a conta do Twitter do Ross? Como a Monica lidaria com o fato dos nossos celulares serem verdadeiras centrais de germes? E será que os amigos trocariam altas ideias no café se tivessem smartphones naquela época ou ficaria cada um olhando pro seu celular?

Todas essas dúvidas existenciais pós-modernas foram respondidas no formato de 50 sinopses diferentes para episódios totalmente digitalizados de Friends.

Dá uma olhada em como seria o seriado se ele rolasse nos dias de hoje: Clique pra continuar lendo