Você deixaria de usar um app super popular e útil se soubesse que a empresa faz coisas muito moralmente questionáveis?

por BIA GRANJA | 19 novembro 2014

uber_pando_medo
Ilustração: Pando Daily

 

Quando eu comecei a ler esse texto da Sarah Lacy no PandoDaily, o primeiro pensamento que eu tive foi “nossa, que babado”, daí eu continuei lendo e em determinado momento da leitura eu comecei a chorar. :(

Desde que eu me tornei mãe há 1 ano, uma coisa muito maluca aconteceu na minha vida: eu comecei a me importar mais com as coisas. Não foi uma mudança que eu racionalmente vi acontecer, mas de repente lá estava eu fazendo coisas que eu nunca faria antes, tipo doar uma quantidade idiota de dinheiro pra que um menininho pudesse fazer uma cirurgia nos EUA ou assistir ao seriado Sons of Anarchy pensando que Jax não passa tempo suficiente com os filhos. Pode dar risada, eu sei que é ridículo. Mas por outro lado também é bom, porque me faz pensar o mundo de um jeito diferente e talvez mais humano.

Por isso que comecei a chorar com a denúncia que Sarah Lacy fez em seu blog sobre como o Uber está empreendendo uma caçada milionária pra acabar com a vida dela e… de sua família. Clique pra continuar lendo

Menino de 10 anos está vendendo pulserinhas na web pra ver um Beatle

por BIA GRANJA | 13 novembro 2014

matheus_pulseirabeatles

No dia em que um menino fofo de 10 anos resolve usar a internet pra vender pulseirinhas a fim de arrecadar dinheiro pra ver um Beatle de perto você para, clica no link pra saber mais, compra sua pulseira e ajuda o moleque a realizar esse sonho.

Oi, meu nome é Matheus, tenho 10 anos.
Um dos meus sonhos é ver um Beatle de perto, ouvir ele e curtir um show.
Comecei a fazer essas pulseirinhas de plástico (todo mundo usa) pra juntar um dindin e ir no show com a minha titia. Precisamos de r$500, ou seja, muitas pulseirinhas pra vender. Poderia nos ajudar?

O vídeo que divulga a iniciativa do Matheus já está viralizando e é muito fofo, olha só:

Clique pra continuar lendo

Loja em NY permite que você troque seus seguidores por dinheiro

por BIA GRANJA | 13 novembro 2014

lojaonepiece

“Você sabe com quem está falando?”, perguntou a blogueira da Capricho que queria furar fila por considerar que sua influência online lhe garantiria privilégios no mundo offline também.

É verdade que dependendo do seu nível de fama wébica, algumas portas realmente se abrirão pra você, dos brindes e mimos que as marcas te mandam, passando por alguns acessos em áreas vips por aí, algumas personalidades da ~rede mundial de computadores~ de fato usufruem de alguns privilégios no mundo offline. Já que o trabalho é na internet, mas a influência e os fãs são coisas bem reais.

Lembro que há alguns anos atrás, quando o Twitter tava bem no começo e as celebridades da TV ainda não tinham descoberto o site, ter 1000 seguidores era super incrível. Até lançaram uma festa (não tô achando o link pra isso agora, se alguém achar posta aí) que era aberta a todos os tuiteiros que tivessem a partir de 1k de seguidores. Acho que chamava festa 1K.

Clique pra continuar lendo

Tudo o que você precisa saber sobre o novo serviço de música do Youtube

por BIA GRANJA | 13 novembro 2014

youtubemusic

Mesmo em meio às tretas com Taylor Swift – que tirou suas músicas do serviço de streaming e ainda reduziu a coisa toda à um “experimento” do qual ela não quer participar com sua obra – e outros artistas, o Spotify acaba de anunciar que seu número de usuários ativos dobrou em 6 meses e agora atinge 50 milhões de pessoas.

Streaming é O lance no mundo musical hoje. Ele é um dos poucos modelos de negócio que continua crescendo no mercado de música gravada (só nos EUA cresceu 52% esse ano), enquanto o download de músicas caiu em 13% e o de vendas de CD mais de 20%.

Com seu acervo de mais de 30 milhões de clipes musicais e se transformando na principal plataforma de lançamento e distribuição dos clipes, o Youtube matou a MTV. Todo mundo escuta música no Youtube e dos 10 vídeos mais vistos da história do Youtube, 9 são clipes musicais.

Assim é natural que o Youtube também queria entrar nessa boquinha pra competir com o Spotify, o Deezer, Pandora, o Rdio e até o Napster. Os artistas, que reclamam dos repasses do Spostify e outros serviços, fecharam bons acordos com o Youtube pra receber royalties e monetizar seus clipes de um jeito mais interessante financeiramente. E isso pode fazer toda a diferença e contar muitos pontos a favor do Youtube.

Mas como vai funcionar o Youtube Music Key, serviço de streaming de músicas do Youtube lançado essa semana? A gente conta tudo o que você precisa saber sobre ele. Clique pra continuar lendo

21 provas irrefutáveis de que você é um paulistano da gema, meu

por BIA GRANJA | 12 novembro 2014

gourmet

Você diz pro amigo que já está chegando quando o Waze indica que faltam 40 minutos pra você chegar ao seu destino? Você chama carrinho de lanche de food truck? Tem um amigo DJ ou grafiteiro e anda de skate no Vila Lobos? Então, meu amigo, você é um paulistano da gema. :)

A fanpage Sinta-se Paulistano, criada por dois publicitários que não nasceram na cidade – Flavio Pucci, paranaense e Dalton Campos, mineiro -, ironiza vários comportamentos, hábitos, gírias e manias que todo paulistano (nascido aqui ou não) tem. E não adianta dizer que não tem, que você é diferente e evoluido, pois nós sabemos que no fundo do seu ser paulistano, você também ama uma filinha.

A seguir, 21 provas irrefutáveis que separamos da fanpage e provam que você é paulistano pra caralho, meu! Clique pra continuar lendo

As redes sociais e o loop infinito de felicidade e miséria de nossas vidas

por BIA GRANJA | 11 novembro 2014

viagem_incrivel

A gente sabe que aquela sua última viagem pra NY foi incrível e o quanto a sua trip pro Japão é digna de compartilhamentos nas redes sociais… mas se você não quiser perder amigos, esse estudo da Harvard sugere que você pare de postar sobre elas.

Você pode achar que postar sobre suas viagens vai servir de gancho pra ótimas conversas com quem te acompanha online, mas o fato é que esse povo todo simplesmente não quer ouvir falar sobre suas experiências incríveis. Sabe porque? Porque ninguém curte pessoas que se gabam. O estudo provou isso, mas a gente já sabia, é claro.

Na realidade, o que o estudo mostrou é que as pessoas se conectam muito mais com as outras através de eventos cotidianos e ordinários, ou seja, aquelas fotos mais de boa, do seu dia-a-dia, do cachorro, da comida (do kilão) e do trânsito são mais aceitáveis pra quem te segue do que as incríveis e maravilhosas experiências que você está tendo e esfregando na cara deles. A justificativa, óbvia, é que eles se sentem mal porque você tá fazendo coisas incríveis e eles não.

O NYT explicou direitinho a metodologia usada pra chegar à essas conclusões que são específicas sobre fotos de viagens incríveis mas que eu acho que podem ser aplicadas à todo o resto da nossa existência social online.

Vivemos esse tempo em que temos que fazer a viagem mais incrível, comer no restaurante mais apetitoso e novo, participar das festas mais doidas, fazer as selfies mais maravilhosas e outras tantas coisas edificantes que ajudam a construir uma personalidade e um estilo de vida de fazer inveja. Nas redes sociais, toda vida tem que ser incrível.

Quer dizer que se estamos constantemente tentando esfregar na cara dos outros que nossa vida é incrível, constamente estamos fazendo com que nossos seguidores e amigos se sintam infelizes, diminuidos e miseráveis em relação à vida deles. Ao mesmo tempo que eles também estão postando suas vidas incríveis e nos deixando com inveja e nos sentindo mal em relação às nossas. É um loop infinito de vidas incríveis e miseráveis que se retroalimenta até não poder mais.

Onde vamos chegar com esse mix de euforia e depressão?

 

 

 

“Comprei uma impressora 3D”

por BIA GRANJA | 7 novembro 2014

yoda_3dprinter

Dei muita risada com esse texto do Rafael Madeira no Medium e peço licença a ele pra reproduzir aqui esse relato genial de um futuro que já é agora! A tecnologia… ela é muito doida!

Pra ler o texto original, clique aqui e aí embaixo a reprodução:

 

“Comprei uma impressora 3D”

— Caralho. Que foda. Foi fácil de instalar?
— Foi. Veio com 4 CDs, mas só precisou mesmo de um.
— Imprime alguma coisa aí pra eu ver.
— Já abri o software, só esperar carregar. Demora um pouco.
— Beleza. Já imprimiu alguma coisa, antes?
— Já. Quando você instala, ela imprime uma pulseira, pra calibrar.
— É? Legal, cadê?
— Quebrou.
— Ah. Como é o material?
— É um polímero. Plástico. Ela vai aplicando um líquido de camada em camada.
— Como que o líquido fica em camadas?
— Ah, seca imediatamente.
— Que demais. Mas aí não dá pra fazer nada muito complexo, né.
— Dá pra fazer umas pulseiras. Eu vou fazer pra vender. Ela vai se pagar sozinha.
— Saquei.
— Pode deixar que te dou uma.
— Não precisa.
— Relaxa.
— Ok.

. . . Clique pra continuar lendo

Menino do viral “Taca-le pau” vai narrar a F1 ao lado do Galvão Bueno

por BIA GRANJA | 7 novembro 2014

tacalepau_f1

Lá vem Hamilton fazendo a curva do S do Senna.
Taca-le pau nesse carrinho, Hamilton! Taca-le pau!

Depois de já ter sido chamado pra fazer a narração da propaganda oficial do GP de Fórmula 1, o menino Leandro Benica, do viral do “Taca-le pau” agora também estará oficialmente narrando a corrida de F1 desse domingão ao lado de Galvão Bueno.

Que fofura!

A Globo já mandou buscar o moleque lá no interior de Santa Catarina e tiveram que brigar pra conseguir um espaço na agenda atribulada do guri após a fama wébica. O famoso bordão “Taca-le Pau, Marco Véio” virou música nas mãos da banda Fogo de Chão, que toca músicas gaudérias e Leandro agora é cantor e está em turnê com o grupo. O cachê como cantor rende de R$ 300 à R$ 1500 reais ao guri. Só espero que ele não se torne o novo menino do Pintinho Piu, né? Que largou tudo pra investir na carreira de cantor e agora está super na pior.

Dá um play aí na música pra ajudar o menino e sua banda: Clique pra continuar lendo

Tumblr do dia: Bolo da Pepa

por BIA GRANJA | 6 novembro 2014

bolodapepa

Eu acabei de virar mãe e confesso que essa Peppa Pig me dá vários arrepios. É uma porquinha meio folgada que trata mal os pais… aliás, o pai da Peppa é um completo imbecil, né? Sei lá! Eu acho todo o desenho meio errado.

Porém, o que mais me dá pavor na coisa toda é ter que fazer um aniversário pro meu filho tendo a tal da porca como tema, caso ele venha se encantar pelo desenho. Como bem prova o tumblr “Bolo da Pepa“, a porquinha pode ficar bem na tela da TV, mas em formato da bolo… não, apenas não!

Aí embaixo temos algumas provas do porque Peppa só deveria existir como desenho e não como bolo! Clique pra continuar lendo

Facebook e Youtube: quem vai vencer a briga pelos vídeos online?

por BIA GRANJA | 3 novembro 2014

videos_facebook

Vídeo online é a coisa mais quente na internet no momento, todo mundo quer sua fatia desse bolo que vai movimentar 6 bilhões de dólares esse ano só no mercado americano. A maior parte dessa grana está concentrada nas mãos de um único player, o Youtube. Mas tem um outro player bem poderoso de olho nesse mercado e que inclusive já anunciou publicamente sua intenção: o Facebook.

O Youtube, claro, tem todo motivo pra se apavorar. Enquanto seus concorrentes principais eram o Vimeo, Daily Motion ou MetaCafe, o Youtube nadava de braçada e mantinha sua hegemonia sem maiores problemas. Mas quando o Facebook, que tem mais de 1 bilhão de usuários no mundo todo, resolve entrar na brincadeira… se prepara, pois vem chumbo grosso aí.

Clique pra continuar lendo