O New Podcaster da Semana é pra quem curte RPG: Crônicas de Mentes

por Renegados Cast & Geek Vox | 15 dezembro 2014

cropped-banner-cronica-1-historia-2

Avante Galera, beleza por ai? Aqui é o Bob do Renegados Cast e estou aqui de novo pra apresentar pra vocês mais um podcast novo que você precisa conhecer hoje. Você sabe o que é RPG? Já jogou alguma sessão presencial ou leu sobre o assunto? É amarradão em RPG? Então apresento para vocês os podcasts da galera bacanuda do CRÔNICAS DE MENTES!

 

Raio-X
O Crônicas de Mentes é um podcast de sessões de RPG, composto pelo designer e ilustrador Ivan Prado (conhecido no mundo dos games como IVegAN), Rafael Capo e Cristiano Fox (o Raposa, músico e analista de implantação), que se dividem na interpretação de dois personagens – Miriam e Eduardo – e na narração do RPG.

 

Por que é legal?
Crônicas de Mentes é um podcast originado a partir das partidas de RPG entre os participantes. A partida é gravada e consequentemente ganhamos belos áudio-dramas, que ajudam a gente a fazer uma imersão fodástica no jogo dos caras. A galera incorpora os personagens muito bem, e os sons que complementam os momentos de narrativa do mestre ajudam a criar o clima.

Os sustos e surpresas são mais que justos a cada situação dos personagens e os ambientes criados pela pessoa que mestra. A diversão é mais que garantida pelo fato de você escutar o cast e imaginar toda coisa acontecendo ali. Uma outra coisa que chama atenção também são as ilustrações dos episódios: são inteiramente criada por eles e tem sempre algo a ver com a história. E claro, devido aos assuntos que algumas vezes são narrados, é ideal que você tenha mais de 18 anos.

Clique pra continuar lendo

As melhores reações da internet sobre a notícia da Xuxa ~desempregada~

por LEO MAIA | 15 dezembro 2014

Xuxa a eterna rainha dos baixinhos e nossa musa da interwebs, está passando por um momento ~difícil~. Isso porque, depois de quase 30 anos na Globo a querida Xu não teve o contrato renovado com a emissora e  já estão dizendo que a apresentadora está negociando sua ida para a TV Record. Mas é aquela coisa, né? Ir pra Record é quase meio que morrer, né? Já diria aquele tumblr famoso. Seja como for, a internet comenta o caso e levanta algumas hipóteses: seria essa a vingança da Cláudia ou uma quebra de contrato do pacto com o cara lá de baixo?

Xu, se liga nesses tweets que estão cheios de dicas de como encontrar um novo emprego, sacar FGTS e até tem algumas dicas de ~novos projetos~ para essa fase que acaba de entrar.

Clique pra continuar lendo

Por que “Tenho 1,68″ está nos Trending Topics Brasil

por youPIX | 15 dezembro 2014

Desde ontem a noite que a tag “Tenho 1,68″ está nos Trending Topics Brasil. Sabemos que essa lista traz algumas coisas inexpllicáveis… nós aqui já tentamos entender “De onde nascem os Trending Topics” brasileiros e a conclusão a que chegamos é que a grande maioria deles, hoje em dia, tem a ver com cultura pop, com fãs idolatrando seus ídolos e interagindo com eles.

Assim, não poderia ser diferente com a tag “Tenho 1,68″. A origem dela é o #askharmonizer, uma sessão de perguntas e respostas que rolou ontem no Twitter entre os fãs da banda Fifth Harmony no Twitter.

Não encontramos o tuite que originou tudo, mas encontramos um tuite do pessoal do @NosTrendsBrasil explicando a primeira aparição do termo nos Trending Topics brasileiros ontem a noite. E o Trendinalia informou que o termo ficou 6 horas na lista de Trending Topics da cidade de Belo Horizonte.

Clique pra continuar lendo

Retrospectiva 2014: todas as músicas pop que bombaram esse ano em um remix incrível

por youPIX | 15 dezembro 2014

Estar no Facebook é o maior símbolo de submissão ao status quo que temos hoje

por Ana Freitas | 15 dezembro 2014

Não ter Facebook é passar atestado de weirdo, como costumava ser quando alguém se recusava a comer no McDonald’s por julgá-los imperialistas opressores.

facebook_somostodoscordeiros
#SomosTodosCordeiros

 

Quando eu estava no colégio, o maior ato rebelde que uma adolescente de condomínio como eu podia cometer era se vestir de preto e usar broches da anarquia, anti-McDonalds e anti-Bush. Se eu fosse uma adolescente nos anos 2010, o jeito mais eficiente e contundente de me posicionar ~contra o sistema~ seria ficar de fora do Facebook. Sendo assim, por que não vemos uma porção de jovens rebeldes saindo da rede social? Por que essa medida não é tão popular?

Não existe hoje símbolo maior de submissão ao status quo do que pertencer ao Facebook (e tá tudo bem). Estar no Facebook é assinar um contrato que garante a entrega informações pessoais de extensão inestimável, mas valor perfeitamente estimável, sobre a sua vida em troca do uso de um serviço de mensagens, produção e consumo de conteúdo. Nada pode ser mais ‘soldado do sistema’ do que isso. Clique pra continuar lendo

O ano em que a web debateu sobre assuntos sérios

por LEO MAIA | 15 dezembro 2014

2014 foi um ano de debates. A internet se mobilizou pra discutir assuntos que a ~grande mídia~ sempre deixou pra lá. Assim, as mulheres ganharam voz e atraíram atenção para as causa feministas.

nao-mereco-ser-estuprada

O ano praticamente já acabou, as retrospectivas estão bombando e já tem gente escrevendo post no Facebook com as resoluções para o próximo ano. Chegou a hora em que todo mundo, de alguma forma, faz uma análise do que aconteceu durante o ano e como isso influenciou nossas vidas.

Estou nessa vibe de mergulhar nas retrospectivas e questionar se aquele fato foi realmente importante. Comecei pelas eleições e percebi que durante o período de campanha eu entrei em vários debates sobre política, procurei entender sobre assuntos que não me chamavam a atenção antes, tipo economia, políticas públicas e mais um monte de coisas que até então não pareciam importantes para mim — continuei pensando em outros fatos que me fizeram mergulhar em debates, trocas de links e textões no Facebook e percebi que neste ano as discussões foram frequentes.

O surgimento do termo “Textão” é a prova definitiva de que 2014 foi um ano de debates, onde a web se mobilizou para discutir assuntos que a ~grande mídia~ sempre deixava pra lá — as chamadas “minorias” viraram gigantes nas redes sociais e todos falamos sobre questões LGBTT (o Youtube ajudou muito nisso), preconceito racial e nos questionamos se a campanha #SomosTodosMacacos realmente contribuía na luta conta o racismo.  Clique pra continuar lendo

O que os recrutadores realmente olham no seu currículo

por Bradesco Universitário | 15 dezembro 2014

publieditorial-youpix
oqueimportacv

O pessoal da The Ladders, empresa de recrutamento, fez uma pesquisa com mais de 20 profissionais de RH em empresas pra descobrir o que realmente importa pra eles em um currículo.

Quando eles recebem aquele word ou pdf maroto por email, o que importa? O que eles olham? O que faz a diferença? Bom, pra começar, os caras gastam, em média, apenas 6 segundos olhando o seu currículo pra decidir se você vale a pena ou não.  Ou seja, não adianta fazer firula ou tentar encher lingüiça, os caras sabem exatamente o que querem e onde achar a informação. E o que é que eles querem saber ao seu respeito? Clique pra continuar lendo

Descolinks #131 – As 35 coisas que você deveria ter visto na web essa semana

por youPIX | 12 dezembro 2014

1) Essa semana foi agitada pras mulheres… começou com a Pitty gongando o discurso tosco e machista da funkeira Anitta no programa Altas Horas:

space_40

2) O que inclusive virou meme:

memeanittapitty

 

Clique pra continuar lendo

Facebook nega que dedura quem você adicionou no WhatsApp

por BIA GRANJA | 12 dezembro 2014

deduranao

Publicamos ontem o documentário “E agora que o Facebook dedura quem você adicionou no Whatsapp” – assista aqui – da galera do Na Rua contando sobre como as pessoas com quem você fala no WhatsApp passaram a aparecer como “amigo sugerido” no Facebook.

O documentário trazia depoimentos de usuários e quando o publicamos aqui no youPIX e em nossas redes sociais, MUITA GENTE relatou que isso já aconteceu com elas também: elas adicionam alguém no Whatsapp e, do nada, a pessoa aparece no Facebook, que é dono do zapzap. Porém, mesmo após relatos de inúmeros usuários, recebemos uma nota oficial do Facebook dizendo que isso não é um fato. Aí vai a nota na íntegra: Clique pra continuar lendo

Mark Zuckerberg, o próprio, responde por que não existe um botão dislike no Facebook

por BIA GRANJA | 12 dezembro 2014

Quando teremos botão de dislike? O Facebook é uma perda de tempo? Mark Zuckerberg respondeu à essas e outras questões polêmicas dos usuários ontem no FB Q&A.

zucker_dislikebotao

 

Ontem o Markinho Zuckerberg participou da 2a edição do Facebook Q&A ao vivo, uma espécie de honra que o criador da rede social nos dá 1 vez por ano ao responder alguns dos maiores questionamentos dos usuários do site.

As perguntas são enviadas em vídeo e aquelas mais votadas pelos usuários são feitas pro criador. A seguir você vê algumas das respostas de Markinho pra coisas como: Quando teremos botão de dislike? O Facebook é uma perda de tempo? Clique pra continuar lendo