A Memepedia

A Memepedia é a primeira enciclopédia de memes do Brasil. A internet é um saco sem fundo de gírias, memes, virais, piadas internas e outros tipos de fenômenos menos compreensíveis, e a Memepedia está aqui pra catalogar e explicar (na medida do possível) a origem dessas coisas todas. Se você tiver informações sobre a origem de algum meme, compartilhe com a gente!

E esse meme de 88 bilhões de reais?

por LEO MAIA | 28 janeiro 2015

88-bilhoes

As Manifestações de Julho influenciaram muito o nosso comportamento na web e percebemos isso no ano passado, com o surgimento dos textões e os vários debates que aconteceram no Facebook — no período das eleições era impossível não esbarrar nas opiniões dos amigos publicadas nas redes sociais.

Junte esse novo olhar para as questões políticas e o bom humor da web e temos a receita para vários memes que não são apenas engraçados, mas estão carregados de protestos e opiniões — que às vezes funcionam como estopim para mais debates, memes, Tumblrs e textões e inicia um novo ciclo de opiniões.

Hoje uma notícia sobre a baixa contábil de 88 bilhões na Petrobras acabou gerando uma alta no mercado de memes da web. Vou explicar isso melhor: depois que a notícia começou a ser publicada, surgiram mais de 13 mil menções do termo “com 88” no Twitter — por causa do meme onde as pessoas contavam o que poderiam fazer com 88 bilhões de reais, o assunto foi parar no segundo lugar dos Trends Brasil.

 

Clique pra continuar lendo

Quando o jornalismo entra na onda da zueira para falar a mesma língua da web

por LEO MAIA | 27 janeiro 2015

jornal-nacional-zueira
Até o JN que não é da web já entendeu como as coisas funcionam por aqui

Existe uma eterna discussão sobre como devem ser as conversas dentro das redes sociais — enquanto uns insistem no tom institucional, outros se jogaram na web e não são dependentes dos memes para mostrar que são descolados, porque também adotaram várias características da linguagem da internê.

Eu sei que parece óbvio, mas muita gente não entende que a dinâmica da web e do off são completamente diferentes — aqui estão acontecendo várias conversas ao mesmo tempo e o contexto e linguagem que foi usado em um post é o que vai direcionar esse conteúdo para dentro de uma dessas conversas ou iniciará um novo assunto.

Clique pra continuar lendo

Quantos likes essas fanpages bizarras e zueiras merecem?

por LEO MAIA | 27 janeiro 2015

surfando-na-internet

Você provavelmente acessa o facebook todos os dias e gasta algum tempo lendo o feed com publicações dos seus amigos, grupos que você participa e páginas que curtiu. Não é por estar conectado todos os dias que você conhece tudo o que rola na rede do tio Zuck.

Fui até as ~profundezas~ da rede social e encontrei algumas fanpages com nomes e conteúdos bizarros e com altíssimo nível de zueira e falta de noção — algumas ajudam até a matar a saudade das comunidades do Orkut.  Clique pra continuar lendo

Fanpage do dia: “Odiei, 5 estrelas”

por LEO MAIA | 23 janeiro 2015

10273442_376780739129145_8316223712870402263_n

Você já parou para ler as avaliações que as pessoas deixam nas lojas de aplicativos e outros lugares onde isso é possível? A página “Odiei, 5 estrelas”, no Facebook, reúne as opiniões mais controversas de pessoas que tiveram suas expectativas frustradas ao utilizarem um aplicativo.

As respostas postadas pelos usuários nem sempre são em relação a usabilidade ou desempenho do aplicativo, como está no review do 99 Taxis (foto acima). Também é possível encontrar quem esteja, digamos, ‘perdido’ no meio das avaliações de um aplicativo, filme ou produto dessas lojas virtuais.

O fato é que as vezes, a vontade de reclamar é maior que as habilidades de escrever um review. E é desse sentimento, combinado à falta de intimidade com as ferramentas de avaliação, que surgem críticas desconexas acompanhadas de uma avaliação 5 estrelas, o que deveria sinalizar uma experiência positiva.

 

Selecionamos alguns reviews inacreditáveis publicados pela fanpage e que merecem 5 estrelas. Olha só:  Clique pra continuar lendo

Escola tenta agir naturalmente fingindo que notebook é iPad, mas acaba virando meme

por LEO MAIA | 22 janeiro 2015

siec_macbookipad

As vezes a galera erra a mão na propaganda e acaba conseguindo virar meme. Foi assim com aquele vídeo para vender imóveis em João Pessoa, onde uma família aparecia aproveitando todo o luxo e conforto do apartamento — menos Luiza, que estava no Canadá e que acabou virando um grande meme.

E depois da Luiza tiveram vários outros casos, o mais recente aconteceu no Facebook da Siec, uma escola do interior de Minas Gerais. Tudo começou com uma série de posts com alunos da escola usando o que deveria ser um iPad — DEVERIA, porque na verdade eles estavam segurando um Macbook Pro e agindo naturalmente como se fosse um tablet. Clique pra continuar lendo

O paradoxo da liberdade de expressão no Facebook

por RENATO ALT | 20 janeiro 2015

O Facebook é como um “Feitiço do Tempo” online: todas as discussões estão presas em um eterno “hoje”. 

fbfight

Não importa sobre o que é seu post.

Alguém, em algum momento, vai dizer que é racista, sexista, extremista, de mau gosto, homofóbico, retrógrado ou qualquer outra coisa que ajude a desqualificar o seu ponto de vista para, em seguida, impor o próprio.

Muitas vezes, nem mesmo para isso.

Se a citação vem da revista Veja, o argumento não vale “porque é Veja”. Se vem da Carta Capital, também não vale “porque é Carta Capital”. Se é seu próprio ponto de vista, bom… quem é você para falar sobre isso?

A velocidade com que qualquer assunto rapidamente transforma-se em uma discussão descabida é assustadora. Hoje é fácil perceber que a maioria das pessoas começa a consumir um conteúdo já buscando nele as falhas a apontar. Se não é o caso de haver falhas, essa raiva aparece na forma do xingamento puro e simples. Exagero? Dê uma olhada, por exemplo, nos comentários de qualquer vídeo no Youtube; há discussões acontecendo há anos, literalmente.

Esse ambiente online, onde cada vez passamos mais tempo, mantém os ânimos exaltados quase que permanentemente. Afinal, se depois de séculos alguém resolve contrariar uma opinião da qual você nem mesmo se lembrava (e que pode até ter mudado), tudo recomeça. É como um “Feitiço do Tempo” online: todas as discussões estão presas em um eterno “hoje”. Clique pra continuar lendo

Facebook Freebooting: o pesadelo dos youtubers

por BIA GRANJA | 19 janeiro 2015

Screen Shot 2015-01-19 at 18.25.18

Senta que lá vem história…

Era uma vez um reino onde a riqueza era determinada pelo tipo de ovelha que você tinha. Existia um cara que era muito muito muito muito rico. Ele era tão rico que até suas ovelhas eram ricas. Nesse reino, também tinha uma família de camponeses que tinham uma ovelhinha a quem eles amavam muito. O pai camponês queria que a ovelha fosse a melhor ovelha possível, então ele passava um monte de tempo com ela, inseria a ovelha em todas as coisas e tratava como se fosse família.

Um dia um viajante chegou no reino e se tornou parceiro de negócios do homem rico. Na hora do jantar, o ricão não quis comer as próprias ovelhas, então ele mandou seu cozinheiro pegar a ovelha do pobre camponês, cozinhar as melhores partes e servir em um delicioso banquete para ele e o viajante.

A família do camponês ficou super triste de perder sua amiga ovelha e foi pedir ao homem rico que doasse outra companheira pra eles. O homem rico se recusou e esse foi o fim da triste história da família que perdeu a ovelha a quem tratavam tão bem e com tanto amor.

Triste, né? :(

Agora vamos trazer a história pra mais perto da gente: a ovelha é o seu vídeo do Youtube, o homem rico é o Facebook e o viajante é um usuário que pega seu vídeo e posta no Facebook como se fosse dele. Assim, os dois conseguem fazer dinheiro e audiência a partir do seu vídeo, enquanto você fica triste a ver navios chorando a ovelha roubada.

Essa prática tem se tornado tão comum que já tem até nome: Facebook Freebooting, também conhecido como o maior pesadelo dos youtubers na atualidade.

Clique pra continuar lendo

Fanpage do dia: “Grandes manchetes do jornalismo brasileiro”

por LEO MAIA | 19 janeiro 2015

grandes-manchetes-abre

Tem gente que diz que o jornalismo está morrendo, até criaram um tumblr para fazer uma ~despedida~ reunindo várias perolas em fotos, legendas e matérias com erros no ”Jornalismo vai com deus”.

Agora é a vez da página “Grandes manchetes do jornalismo brasileiro” mostrar diariamente que ta tendo muuuuuito jornalismo e que os grandes sites e portais não estão errados sempre, mas as pautas… as pautas estão bem malucas.

 

Separamos algumas manchetes maravilhosas publicadas pela página:

Clique pra continuar lendo

O teste de personalidade baseado no Facebook que está deixando tudo mundo na nóia

por LEO MAIA | 15 janeiro 2015

fb-abresp

Não é nenhuma novidade que o Facebook sabe muito sobre a gente — tanto é que com poucos minutos stalkeando um perfil desconhecido, podemos aprender muito sobre essa pessoa. Ainda assim, nos surpreendemos quando surge um anúncio sobre algo que acabamos de comentar no chat ou simplesmente quando surge uma ‘sugestão de amizade’ daquele contato que adicionamos a poucos minutos na agenda do celular.

Um estudo publicado por cientistas das universidade de Cambridge e Stanford mostrou que o Facebook nos conhece melhor que qualquer outro ser humano. Para chegar nesse resultado os cientistas analisaram mais de 85 mil perfis do Facebook e pediram pra que cada uma dessas pessoas respondessem a um questionário sobre seus gostos e personalidade.

Pra tirar a prova de que o Facebook realmente sabia coisas íntimas e pessoas sobre essas pessoas, amigos e familiares dos voluntários também foram convidados a participar da pesquisa respondendo a 100 questões que poderiam definir 5 grandes traços de personalidade dos pesquisados.

O resultado não poderia ser diferente do que imaginávamos: o Facebook conhece as pessoas muito mais que seus amigos e familiares. Se quiser, pode fazer o teste de personalidade (aqui), ele vai avaliar os seus últimos 100 likes e entregar seu perfil psicológico detalhado. Clique pra continuar lendo

Os eventos fakes no Facebook estão de volta! Confira os 29 melhores

por LEO MAIA | 13 janeiro 2015

Captura de Tela 2015-01-13 às 20.06.17

Você deve lembrar que no ano passado rolou uma onda de eventos fakes e surreais no Facebook, por algumas semanas as confirmações de eventos tomaram conta do feed de notícias — fizemos até uma lista com os 100 melhores eventos fakes do Facebook e provavelmente você deve ter confirmado presença em vários.

Acontece que a zuera dos eventos não foi esquecida e resolveram fazer um ~vale a pena ver de novo~ da brincadeira. Vários eventos estão em 2ª edição e claramente foram kibados do ano passado, mas temos algumas novidades.


Fizemos uma lista com 29 eventos da temporada 2015 de zueragem no Facebook: 
Clique pra continuar lendo