Mark Zuckerberg, o próprio, responde por que não existe um botão dislike no Facebook

por BIA GRANJA | 12 dezembro 2014

Quando teremos botão de dislike? O Facebook é uma perda de tempo? Mark Zuckerberg respondeu à essas e outras questões polêmicas dos usuários ontem no FB Q&A.

zucker_dislikebotao

 

Ontem o Markinho Zuckerberg participou da 2a edição do Facebook Q&A ao vivo, uma espécie de honra que o criador da rede social nos dá 1 vez por ano ao responder alguns dos maiores questionamentos dos usuários do site.

As perguntas são enviadas em vídeo e aquelas mais votadas pelos usuários são feitas pro criador. A seguir você vê algumas das respostas de Markinho pra coisas como: Quando teremos botão de dislike? O Facebook é uma perda de tempo? Clique pra continuar lendo

Perfil de Zuckerberg é o novo scrapbook da Katilce

por Ana Freitas | 12 dezembro 2014

bonde

Tem algo de esquisito acontecendo no perfil de Mark Zuckerberg no Facebook. Não se sabe exatamente porque, mas um bando de usuários brasileiros decidiram dar ao fundados do ~Face um gostinho do hue hue br. Desde o início da tarde desta sexta, posts como um em que Mark se declara vegetariano, o post que marca seu casamento e até esse, aqui embaixo, em que ele declara ser um doador de orgãos, estão sendo bombardeados com comentários de brasileiros frenéticos. Na verdade, uma olhada rápida pelo perfil dele vai mostrar que poucos posts escapam. As mensagens, a maioria fotorrespostas, não têm unidade nem fazem nenhum sentido, como só a boa zuera nacional consegue fazer. Clique pra continuar lendo

Contrariando a ideologia do próprio criador, Facebook agora incentiva anonimato na web

por Pedro Katchborian | 31 outubro 2014

My silhouette  Dressed in informals

E o Facebook continua surpreendendo a gente. Depois de anunciar a criação de um aplicativo para a discussão em fóruns anônimos, agora Mark e Cia. trouxeram um suporte à rede social pros usuários do Tor, o browser pra quem quer navegar na internet e não compartilhar informações como o IP ou o local em que você está. Clique pra continuar lendo

Facebook está trabalhando em um aplicativo para as pessoas interagirem anonimamente

por Pedro Katchborian | 7 outubro 2014

mark-zuckerberg-abre

O Facebook, a rede social anti-anonimato, que exige nome verdadeiro para registrar-se no site, está trabalhando em um aplicativo para as pessoas interagirem anonimamente. Pelo menos é o que diz o New York Times. O projeto está sendo tocado por Josh Miller, gerente de produto do Facebook. Clique pra continuar lendo

Ello: qualé a dessa rede social da qual está todo mundo falando?

por Pedro Katchborian | 25 setembro 2014

ello-abre

Quem aqui ama o Facebook? Ninguém, né? Entre problemas de censura, “curadoria” de conteúdo, proibição de nomes de drag queens, transsexuais e travestis e várias outras coisas, é fato que a rede social de Mark Zuckerberg é usada por muitos simplesmente por que não há outra alternativa. “Ah, tá todo mundo lá, né…”, a maioria das pessoas pensa.

Mas uma rede social começa a bombar lá nos Estados Unidos e pode ser o “próximo” Facebook. Ela se chama Ello — e, assim como o quase falecido Orkut –, é necessário um convite pra entrar. E o negócio tá tão disputado que tem gente vendendo convite no eBay! Clique pra continuar lendo

A prova de que Mark Zuckerberg cagou pra sua privacidade

por Renan Dissenha Fagundes | 7 fevereiro 2014

640-zuck

A gente e o resto do mundo vive insistindo no tema Facebook e privacidade. Mas tem uma pessoas que raramente fala sobre isso: Mark Zuckerberg. Em aparições públicas desde 2009, o criador/dono/chefão da rede social falou as palavras ‘privacy’ e ‘private’ apenas 68 vezes. É bem pouco para um tema tão delicado. ‘Friends’ e ‘friendship’, para comparar, estão na casa dos 350.

Os dados são do projeto The Zuckerberg Files, um arquivo digital com mais 100 transcrições e 50 vídeos de todo tipo de comunicação pública que Zuck fez ao longo dos anos — entrevistas, palestras, posts de blog, cartas para acionistas e outros. Autor da pesquisa,  Mike Zimmer afirma que o site nasceu exatamente para entender o que o CEO do Facebook pensa sobre privacidade e transparência.

Clique pra continuar lendo

Facebook é condenado a pagar 47 milhões de reais por ter usado dados de usuários em anúncios

por Pedro Katchborian | 28 agosto 2013

facebook-dinheiro_abre_ok

O Facebook terá que pagar mais de R$ 47 milhões de indenização por compartilhar informações privadas de seus usuários em propagandas da empresa. O caso foi resultado de um processo na justiça. Mas se você pensa que isso vai render muita grana para os 614.000 usuários que tiveram seus dados atrelados a algum interesse comercial da rede social de Markinho… você está errado.

Clique pra continuar lendo

Mark Zuckerberg quer levar acesso à internet para 5 bilhões de pessoas

por Pedro Katchborian | 21 agosto 2013

nointernet

Mark Zuckerberg, CEO do Facebook, anunciou a criação de um novo projeto que busca defender a conectividade da galera como um Direito Humano: é o Internet.org. A iniciativa consiste em tentar levar a internet para quem não tem acesso: 2/3 da população mundial ou 5 bilhões de pessoas. Altruísta esse Markinho, não?

No ano passado, a ONU defendeu o acesso à internet como um Direito Humano. Na época, um dos criadores da internet como conhecemos, Vincent Serf, escreveu um artigo contrariando a ONU e dizendo, entre outras coisas, que a tecnologia em si não é um direito, mas uma ferramenta que possibilita que suas liberdades sejam atingidas (leia o artigo em inglês aqui). Sobre isso, leia também essa coluna do Rene de Paula em que ele também não concorda com a posição da ONU.

 

Clique pra continuar lendo

Zuckerberg hack34d0: usuário dá chilique ao ser ignorado pela equipe do Facebook postando no mural de Mark

por Manu Barem | 19 agosto 2013

Um hacker ficou magoadíssimo depois de ter suas denúncias de falhas no Facebook ignoradas pela equipe do site e resolveu protestar hackeando a conta do próprio Mark Zuckerberg. No post do mural, o hacker diz que seu nome é Khalil e que ele é da Palestina.  Clique pra continuar lendo

Facebook lança imagens para atualizar seu status e brincadeira vira meme

por youPIX | 5 junho 2013

Adolescentes estão cansados do Facebook, aponta pesquisa. Facebook deixou de ser rede social para ser um gigante feed de notícias, aponta pesquisa. Facebook is so 5 minutes ago (assim como é a expressão “so 5 minutes ago”), aponta pesquisa. Pois bem, tá todo mundo aí anunciando o começo do fim e enquanto isso a equipe de Mark Zuckerberg tenta, como se diria no futebol, correr atrás do prejuízo lançando novas funcionalidades para a rede que, bem ou mal, é o maior repositório do status emotivo do mundo.

A mais nova dela é uma ferramenta que você consegue experimentar mudando o idioma na configuração do seu Facebook para o “English (US)”.

Uma vez navegando em inglês, na caixa de atualização de status você vai encontrar um emoticon todo feliz da vida:

Tela1

E daí pode escolher brincar com o que você está “watching”, “listening to”, “eating”, “drinking”, “proscatinating”, “feeling” e por aí vai. Se você está, por exemplo, tomando um chá de cogumelo, é possível personalizar esta atividade tão específica lá no seu status.

Apostamos todas as nossas fichas e bitcoins que isso, certamente, foi feito para atrair toda uma geração mais nova que sabe se comunicar com mais eficácia via Emojis do Whatsapp do que com palavras escritas.

A questão é que a ferramenta, por enquanto, caiu nas graças desse monstrinho irônico que vive e se alimenta na interwebz.

E aí vieram as primeiras piadas. Só essa moça aqui disparou uma série:

Clique pra continuar lendo