O manual de como usar #hashtags no Facebook… for dummies!

por Manu Barem | 20 junho 2013

 

hashtags_facebook_comousar

Com a novidade que pintou na última semana, alguns leitores do youPIX nos perguntaram pra que servem as hashtags e comofas pra usá-las. Tem gente pedindo até pra gente fazer manual de “isso-pode-isso-não”.

Calma, caras! Se você é expert no uso da hashtag e já deu até palestra sobre o assunto, saiba que usar hashtag pode não ser algo tão óbvio assim, afinal, fora do Twitter, lugar onde ela foi criada e ficou popular, apenas os usuários de Pinterest, Tumblr e Instagram têm o costume de taggear suas fotos. (E dê-lhe #sunset #colors e #protestosp, né gente?).

Já o público do Facebook é beeem maior e nem todo mundo que está lá é usuário destas outras redes sociais. Por isso, preparamos aqui algumas dicas, enquanto ficamos na torcida para que o uso das hashtags no Facebook ganhe novas funções e maneiras doidas de se usar — afinal, internet é isso.

 

Como usar?
Veja a explicação da Ajuda do Facebook: As hashtags transformam tópicos e frases em links clicáveis em publicações na sua linha do tempo pessoal ou na sua Página, e ajudam as pessoas a encontrarem publicações sobre tópicos que correspondem com seus interesses. Para criar uma hashtag, digite # (sinal do jogo da velha) juntamente com um tópico ou uma frase sem espaços e adicione-a à sua publicação. (por exemplo, Fiz uma caminhada no parque! #Ibirapuera). Ao clicarem em uma hashtag, as pessoas visualizarão um feed de publicações compartilhadas com elas que também usam a mesma hashtag.

 

Quando usar?
Pense assim: vai falar de um assunto que é comum a muitos? Veja a hashtag como um agregador de tópicos. Pense se o que você vai postar pode ser usado como informação que é parte de um assunto maior. Ou seja, a melhor hashtag é aquela que fale com muita gente e não apenas à você e mais seus 3 amigos . Por exemplo, #JuzinhaeEuNaPasseata só diz respeito à você e a tal Juzinha, mas #ProtestoSP, #VemPraRua ou outras tags do gênero fazem com que o seu contéudo realmente contribua pra discussão.

 

Como criar?
Vamos de exemplo: você está organizando um encontro com os amigos do seu colégio na infância, e quer que mesmo aqueles que ainda não te acharam no Facebook possam ler as notícias do evento. Crie uma hashtag que resuma o encontro, por exemplo #ColegioSantaMaria1989 e acrescente ao final do post. É preciso ter bom senso ao criar uma hashtag, tendo certeza que ela resume e especifica a comunicação de forma impactante e objetiva. Não vá criar algo do tipo #Churrasdagalera, que esse evento deve rolar pelo menos uma vez por semana em cada cidade do Brasil.

Uma hashtag bem criada, aliás, pode ajudar bastante as outras pessoas a encontrarem a informação mais rápido, como foi o caso das hashtags usadas nos protestos dos últimos dias.

Vale lembrar: em perfis fechados, somente seus amigos poderão ver a hashtag, ou seja, dependendo do caso é melhor abrir a mensagem para mais pessoas para que ela seja eficiente.

 

Tem tamanho ideal, youPIX?
É melhor evitar hashtags muito longas, embora as que bombam no twitter muitas vezes sejam assim.  VerasQueUmFilhoTeuNaoFogeALuta ficou bastante popular nas últimas semanas, mas note a diferença: esta é composta de uma frase conhecida por muitos. Dá pra ver por aí que muitas vezes as pessoas usam hashtags para terminar um raciocínio com a pegadinha irônica. Infelizmente #PenaQueMinhaMaeNaoEntendeuQueEuNaoGostoDeToddy não quer dizer nada, se não for uma frase usada por muitas, mas muitas pessoas.

 

Hashtags incompreendidas?
Cuidado com os que as palavras juntas podem formar! Exemplo: quando  Margaret Thatcher morreu, foi criada a hashtag #NowThatcherIsDead, que sem as maiúsculas também dava a entender que a diva Cher havia morrido (oh noes!) —> Now That Cher Is Dead. Quer dizer, bora dar uma lidinha no que inventou antes de postar por aí.

 

Como pesquisar uma hashtag?
Basta digitar palavras e expressões que você procura na barra de busca do Facebook pra encontrar. Por exemplo:

Screen Shot 2013-06-20 at 11.49.08 PM

 

 

Podemos dar um conselho de amigo?
Sem querer, hm, obrar regras por aqui, mas usar hashtags com moderação é sempre bem-vindo. Você não quer ser aquela pessoa que enche tudo de #####.

hashchato

 

 

Botando a mão na consciência!
Há algum tempo já falamos das hashtags e de como elas podem ser pentelhas nas redes sociais. Vale relembrar:

  • E ainda, as hashtags do Instagram não funcionam no Twitter… será que vão funcionar no Facebook? Se uma hashtag não fala com a outra, como indexar os assuntos universalmente?
  • Fora quem usa quinhentas hashtags apenas pra “ser” encontrado por um outro usuário em busca de coisas sobre o tema. O cara enfia mil hashtags só pra tentar ter mais audiência? Vale a pena isso? A busca default do Twitter, te joga para a página de “top” tuites, ou seja, ele já seleciona os posts mais retuitados ou de pessoas. Ou seja, os mais populares sempre estão no topo. Os outros, bem, os outros são os outros e só.
  • Além disso, esteticamente, argumenta o texto, as hashtags seriam só mais um ruído na informação. #Fica #aquele #texto #com #aquele #monte #de #hashtag #zuando #a #leitura, né?

Reflitam, ok?

 

 

Quem escreveu:

Manu Barem / @manubarem

é editora do youPIX e fanha (quando a rinite ataca).
veja + posts do autor

Comentários:

“memepedia”