Loja em NY permite que você troque seus seguidores por dinheiro

por BIA GRANJA | 13 novembro 2014

lojaonepiece

“Você sabe com quem está falando?”, perguntou a blogueira da Capricho que queria furar fila por considerar que sua influência online lhe garantiria privilégios no mundo offline também.

É verdade que dependendo do seu nível de fama wébica, algumas portas realmente se abrirão pra você, dos brindes e mimos que as marcas te mandam, passando por alguns acessos em áreas vips por aí, algumas personalidades da ~rede mundial de computadores~ de fato usufruem de alguns privilégios no mundo offline. Já que o trabalho é na internet, mas a influência e os fãs são coisas bem reais.

Lembro que há alguns anos atrás, quando o Twitter tava bem no começo e as celebridades da TV ainda não tinham descoberto o site, ter 1000 seguidores era super incrível. Até lançaram uma festa (não tô achando o link pra isso agora, se alguém achar posta aí) que era aberta a todos os tuiteiros que tivessem a partir de 1k de seguidores. Acho que chamava festa 1K.

Clique pra continuar lendo

Tudo o que você precisa saber sobre o novo serviço de música do Youtube

por BIA GRANJA | 13 novembro 2014

youtubemusic

Mesmo em meio às tretas com Taylor Swift – que tirou suas músicas do serviço de streaming e ainda reduziu a coisa toda à um “experimento” do qual ela não quer participar com sua obra – e outros artistas, o Spotify acaba de anunciar que seu número de usuários ativos dobrou em 6 meses e agora atinge 50 milhões de pessoas.

Streaming é O lance no mundo musical hoje. Ele é um dos poucos modelos de negócio que continua crescendo no mercado de música gravada (só nos EUA cresceu 52% esse ano), enquanto o download de músicas caiu em 13% e o de vendas de CD mais de 20%.

Com seu acervo de mais de 30 milhões de clipes musicais e se transformando na principal plataforma de lançamento e distribuição dos clipes, o Youtube matou a MTV. Todo mundo escuta música no Youtube e dos 10 vídeos mais vistos da história do Youtube, 9 são clipes musicais.

Assim é natural que o Youtube também queria entrar nessa boquinha pra competir com o Spotify, o Deezer, Pandora, o Rdio e até o Napster. Os artistas, que reclamam dos repasses do Spostify e outros serviços, fecharam bons acordos com o Youtube pra receber royalties e monetizar seus clipes de um jeito mais interessante financeiramente. E isso pode fazer toda a diferença e contar muitos pontos a favor do Youtube.

Mas como vai funcionar o Youtube Music Key, serviço de streaming de músicas do Youtube lançado essa semana? A gente conta tudo o que você precisa saber sobre ele. Clique pra continuar lendo

“Comprei uma impressora 3D”

por BIA GRANJA | 7 novembro 2014

yoda_3dprinter

Dei muita risada com esse texto do Rafael Madeira no Medium e peço licença a ele pra reproduzir aqui esse relato genial de um futuro que já é agora! A tecnologia… ela é muito doida!

Pra ler o texto original, clique aqui e aí embaixo a reprodução:

 

“Comprei uma impressora 3D”

— Caralho. Que foda. Foi fácil de instalar?
— Foi. Veio com 4 CDs, mas só precisou mesmo de um.
— Imprime alguma coisa aí pra eu ver.
— Já abri o software, só esperar carregar. Demora um pouco.
— Beleza. Já imprimiu alguma coisa, antes?
— Já. Quando você instala, ela imprime uma pulseira, pra calibrar.
— É? Legal, cadê?
— Quebrou.
— Ah. Como é o material?
— É um polímero. Plástico. Ela vai aplicando um líquido de camada em camada.
— Como que o líquido fica em camadas?
— Ah, seca imediatamente.
— Que demais. Mas aí não dá pra fazer nada muito complexo, né.
— Dá pra fazer umas pulseiras. Eu vou fazer pra vender. Ela vai se pagar sozinha.
— Saquei.
— Pode deixar que te dou uma.
— Não precisa.
— Relaxa.
— Ok.

. . . Clique pra continuar lendo

9 coisas que a internet mudará em nossas vidas na próxima década

por Kaluan Bernardo | 29 outubro 2014

header_startupi
nofuture

Esse ano, a internet completou 25 anos. Para comemorar, o instituto de pesquisas Pew Research, em parceria com a Elon University divulgou o estudo “Imagining The Internet Project”.  A pesquisa foi feita com 2.558 experts que deram seus palpites sobre como a internet deverá ser em 2025 e contempla nomes como Hal Varian, Vint Cerf e Marc Rotenberg.

Veja 9 tendências que deverão mudar nossas vidas — para o bem ou para o mal — até 2025:

 

1) Nossa percepção de mundo e comportamento será expandida
Nós teremos a Internet das Coisas, inteligência artificial e big data mais evoluídos. A combinação desses três elementos já leva nossa percepção muito adiante. “Nós teremos dados de como alguém gasta seu tempo, quais são seus hobbies, causas, amigos e família. Isso muda como nós pensamos sobre pessoas e como estabelecemos confiança e negociamos mudanças, falhas e sucesso”, escreve Judith Donath, do Centro Berman para Internet e Sociedade da Universidade de Harvard.

 

2) Compartilhamento de informações será algo tão natural que nem perceberemos
A internet será como hoje é a eletricidade — ela está tão presente, que por vezes nem nos damos conta. “Nós não pensaremos mais em ‘ficar online’ ou ‘procurar pela internet’, simplesmente viveremos online”, diz Joe Touch.

 

3) Dispositivos vestíveis irão transformar a medicina
Eles não só serão capazes de detectar doenças rapidamente, como também indicarão os riscos da doença. Isso poderá nos ajudar a mudar nosso estilo de vida o tempo todo, tomando mais cuidados com nossa saúde.

Clique aqui pra continuar lendo no Startupi >>>

 

 

Projeto “Mapas Afetivos” prova que existe amor em São Paulo

por Pedro Katchborian | 22 outubro 2014

mapas-afetivos

Existe amor em São Paulo? Ao contrário do que diz Criolo, parece que sim. Pelo menos é essa a mensagem do Mapas Afetivos, um projeto bem interessante que conta algumas histórias que rolaram em diferentes bairros em São Paulo.  É uma mistura de mapa colaborativo e histórias em vídeo, em que diversas pessoas deram depoimentos, incluindo alguns artistas como Tulipa Ruiz e Karina Buhr.

Em uma internet em que às vezes boas histórias se perdem e não tem a oportunidade de serem contadas, a página é bem legal pra recordar conexões de pessoas com a cidade. Com ícones em diferentes locais de São Paulo, o projeto deve ser aberto em breve pra todo mundo poder contar a sua própria história.

Navegue pelo mapa e veja alguns vídeos que estão no projeto: Clique pra continuar lendo

Você confia cegamente no Google? Então leia isso!

por Pedro Katchborian | 20 outubro 2014

google-we-trust-abre

Até que ponto você confia no Google? Tudo que ele diz é verdade? As buscas são as melhores? Quando ele te dá alguma resposta, sem a necessidade de entrar em outro site, você confia? Pois bem, a história a seguir prova duas coisas: primeiro, que o Google é muito engraçadinho. Segundo, que eles manipulam o que bem entenderem.  Clique pra continuar lendo

Afinal, você é ou não é o que você procura no Google?

por Pedro Katchborian | 13 outubro 2014

floodwatch-abre

A gente sabe que três ou quatro palavras que digitamos no Google podem resultar em semanas de anúncios que tenham a ver com aquilo. Afinal, discute-se tanto sobre privacidade, que já colocamos na nossa cabeça e entendemos que o nosso histórico do navegador pode resultar em publicidade direcionada. Mas até que ponto isso é eficiente? Clique pra continuar lendo

11 documentários pra entender a treta tecnológica em que nos encontramos

por youPIX | 7 outubro 2014

techdocs-abre

É difícil explicar o momento tecnológico em que estamos. Compartilhamento de informações, uso de redes sociais, a nova revolução industrial das impressoras 3D, drones, Google Glass, privacidade, internet como direito humano, Internet das Coisas… tudo isso está acontecendo ao mesmo tempo em que estamos vivendo, tentando entender e mascar chiclete. Por isso, separamos aqui 11 documentários essenciais pra quem quer entender um pouco melhor o impacto que a tecnologia e a conectividade tem na nossa vida hoje e pra onde isso tudo vai levar a gente. O futuro pode ser muito legal, mas pode também ser muito doido.

Dá uma olhada!
Clique pra continuar lendo

Não aguenta mais política no Facebook? Esse plugin do Chrome bloqueia qualquer termo na sua timeline

por Pedro Katchborian | 7 outubro 2014

silencer

A disputa no segundo turno só começou e sua timeline já deve estar lotada de política. Caso você não aguente mais o assunto e queira dar uma limpada no feed, exclua seus amigos baixe o Silencer, um programa que evita qualquer termo que você quiser. Você pode digitar “PT”, “PSDB”, “política”, “Dilma”, “Aécio” o que quiser, que todos os posts relacionados aquilo não irão aparecer na sua timeline. Clique pra continuar lendo

Animação explica como agem os trolls na internet

por Pedro Katchborian | 6 outubro 2014

trolls-abre

Trolls existem por todo lugar na internet. E não tô falando de trollagens saudáveis do tipo Não Salvo e sim dos que tem como único objetivo odiar as coisas. Aqueles que odeiam por odiar, que causam a discórdia, medo e podem prejudicar a vida de muita gente. Enfim, os que amam um cyberbulling. Clique pra continuar lendo